Deixe suas dores para trás e ajeite esse seu coração.

Deixe suas dores para trás e ajeite esse seu coração.

Todos passam por experiências difíceis. O que você precisa aprender é deixar que elas passem, não que entrem, vivam, ocupem espaço dentro de você.

Como era seu coração antes dessas feridas? Antes da dor lhe atingir e morar dentro de você. Vai lá e olhe dentro do seu coração: Filtre, lapide, digira essas experiências. Esse é um trabalho seu que a vida te deu – O trabalho de cuidar de si!

Por isso ajeite seu coração. Porque não é justo que algumas vivências que não foram como você pensou intoxiquem suas emoções. Ajeita esse coração, sacode a poeira, olha para a vida de novo com olhos de criança e segue adiante.

Você realmente precisa que tudo seja como você pensou para ser feliz?
Ajeite esse coração e para de ser escrevo de tuas próprias fantasias… Larga o “só serei feliz se…”, “o só serei feliz quando…”, ou o “não sou feliz porque…”. Arrume esse coração e seja feliz hoje, agora, com o que você tem, com o que você é, com as pessoas que estão do seu lado. Ajeite esse coração porque felicidade não é coisa que se deixa para depois ou que se encontra justificativas para não sentir. Ajeita esse coração porque o passado já foi, porque cada um é como é, porque você fez o que podia, porque tem novas situações esperando você se desprender das antigas e viver o que merece.

O tempo é precioso e passa muito rápido para se viver com o coração cheio de feridas e preso ao passado. Então vai lá, ajeita seu coração. Ele se arruma quando a gente se trata com carinho, quando tentamos de novo, quando contamos histórias de esperança, quando reavivamos nossos sonhos, quando assumimos quem somos e estamos dispostos a viver novamente.

Quando o coração se ajeita, tudo se arruma também! Então vai lá dentro, e ajeite seu coração!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google